À Procura do Alter Ego do Rio de Janeiro

… do humor do boteco ao calor de um beijo escondido, do olhar alerta de um camelot à solidão e ao cansaço da desgastante rotina carioca…

alter Rio - Miguel Pinheiro

fotografia ©miguelpinheiro

RELEASE por Kelly Nascimento

Artista português cria inventário de imagens que retratam a alma singular das ruas do Rio. Resultado será apresentado em exposição durante as Olimpíadas

alter Rio

design ©fernandoalax

O Rio pré-olímpico é inspiração e cenário para o “alter Rio”, projeto que olha a cidade além dos muros e esteriótipos que a aprisionam. Valendo-se de recursos audiovisuais e mobilizando moradores de perfis ecléticos, de diversos pontos da cidade, o artista português Miguel Pinheiro sai em busca de outros cartões postais, novos sentidos e narrativas pautadas pelo singular microcosmos carioca. O resultado poderá ser conferido durante as Olimpíadas, numa exposição intermídia que terá lugar na Casa Porto, na Praça Mauá.

Do humor do boteco ao calor de um beijo escondido, do olhar alerta de um camelô à solidão e ao cansaço da desgastante rotina carioca. Nada escapa às lentes atentas do fotógrafo português e de sua equipe. Um esboço desse novo retrato da Cidade Maravilhosa poderá ser conferido em 18 de junho, quando o projeto será apresentado no espaço cultural Olho da Rua, em Botafogo, durante a inauguração do Festival Internacional de Cinema Shortcutz Rio de Janeiro.

alter Rio - Miguel Pinheiro

fotografia ©miguelpinheiro

O projeto, selecionado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, parte de um processo de pesquisa e registro de imagens que preza pela espontaneidade e originalidade de despretensiosas cenas do cotidiano. Segundo Pinheiro, a busca  por essa nova carioquice permite a construção de uma outra materialidade. “Alter em latim significa ‘outro’. O ‘alter Rio’ é um espelho do Rio e de seus vários reflexos. É a geoficção de um Rio que se esconde. É uma última fronteira do Rio com ele próprio. A proposta é reunir facetas e nuances de um novo Rio de Janeiro. São registros de novos lugares, novos cartões postais, novas formas dos cariocas se relacionarem entre si e com a cidade.”

Rolês e plataforma online

O olhar à procura da alteridade carioca foi multiplicado por meio de oficinas de fotografia, ministradas gratuitamente por Miguel Pinheiro a moradores da cidade. Esses fotógrafos debutantes saem às ruas com missão de redescobrir o Rio. Eles se reúnem regularmente para discutir as imagens captadas e as narrativas por trás de cada cena capturada. Um rolê fotográfico acontece também duas vezes por mês. O passeio é aberto ao público. O próximo será no dia 18 e terá como foco as feiras e mercados de comércio popular do Centro do Rio. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail contato@10pt.org.

alter Rio - Miguel Pinheiro

fotografia ©renatomangolin

No site do projeto (www.10pt.org/alterRio), é possível encontrar detalhes que formam o “alter Rio”. Imagens, vídeos e testemunhos de pesquisadores e/ou gente anônima são matéria-prima para os conteúdos veiculados pelo projeto. Lançamentos futuros incluem a edição de um foto-livro e a realização de um documentário.

Ficha Técnica

Direção e Idealização           Miguel Pinheiro
Comunicação                         Kelly Nascimento
Colaboradores                       Ivar Rocha e Thanny Vidigal
Produção                                Cia 10pt [despe-te]
Entidade Parceira                 Casa Porto
site oficial                               www.10pt.org/alterRio

Serviço

Lançamento de alter Rio
(no Festival Shortcutz Rio de Janeiro)

Local: Espaço Cultural Olho da Rua
Endereço: Rua Bambina, 6 / Botafogo, Rio de Janeiro
Telefone:(21) 3178-6601
Data: dia 18 de junho (Sábado)
Horário: das 18h às 21h
Evento gratuito
Assessoria de Imprensa:
Kelly Nascimento
tel. 21 99147-9579