Projeto Visual “alter Rio” – Inauguração em Dose Dupla!

o artista português Miguel Pinheiro buscou o Rio de Janeiro fora do cartão postal (fotografia ©joeltavares)

o artista português Miguel Pinheiro buscou o Rio de Janeiro fora do cartão postal (fotografia ©joeltavares)

Região Portuária e Lapa recebem o lado-B do Rio de Janeiro. Antiga casa de Chiquinha Gonzaga no Beco do Rato vira galeria.

O projeto “alter Rio” retrata o Rio de Janeiro fora do cartão postal. Idealizado pelo artista português Miguel Pinheiro, a mostra inaugura este sábado, dia 13 de Agosto, em dois lugares diferentes do Rio. A Casa Porto, centro cultural da região portuária, receberá a exposição coletiva com várias dezenas de obras de mais de 20 fotógrafos. A abertura está agendada para as 18h sob o tema: E o Mundo Inteiro Cabe no Rio de Janeiro. E mais tarde, na Casa que foi de Chiquinha Gonzaga, a exposição individual de Miguel Pinheiro fará parte da segunda ocupação artística Morais e Vale, no Beco do Rato, na Lapa, onde mais de 100 artistas visuais se reúnem sob a curadoria de Paulo Branquinho.

ALTER RIO Exposição Coletiva na Casa Porto & Exposição Individual de Miguel Pinheiro no Beco do Rato

ALTER RIO
Exposição Coletiva na Casa Porto & Exposição Individual de Miguel Pinheiro no Beco do Rato

Manuel Bandeira, Madame Satã e Chiquinha Gonzaga viveram no Beco do Rato - Lapa (fotografia ©miguelpinheiro)

Manuel Bandeira, Madame Satã e Chiquinha Gonzaga viveram no Beco do Rato, Lapa – Rio de Janeiro (fotografia ©miguelpinheiro)

Chiquinha Gonzaga, a mulher ousada que sacudiu o Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX, levou uma vida ao som da transgressão. Mulher, bastarda, mulata e filha de mãe solteira, foi uma pioneira. Uma das primeiras a sustentar-se com seu trabalho, usou seu dinheiro para alforriar escravos. Foi a primeira a compor para o teatro e ainda criou a célebre marchinha de carnaval: “Ó abre alas, que eu quero passar“. Chiquinha foi uma das pessoas responsáveis pela nacionalização da música brasileira num tempo em que tudo vinha da Europa. Os projetos fotográficos de Miguel Pinheiro e Custódio Coimbra foram selecionados para ocupar a casa onde um dia morou Chiquinha, na 2ª Ocupação Cultural Morais e Vale.

 

[vídeo-teaser da 1ª Ocupação Cultural Morais e Vale]

O PROJETO “alter Rio” E A PLATAFORMA ONLINE

alter Rio é um projeto visual que registra novos lugares, novas formas dos cariocas se relacionarem entre si e com a cidade. Do latim, [alter] significa outro, e é um convite para uma viagem através da diversidade e pluralidade da cidade, quase sempre invisível mas nem por isso menos maravilhosa. No site do projeto (www.10pt.org/alterrio) é possível encontrar imagens, vídeos e testemunhos de pesquisadores e artistas, nacionais e estrangeiros, como o sociólogo Boaventura Sousa Santos, ou os historiadores Antonio Edmilson Rodrigues e Luiz Antonio Simas. Lançamentos futuros incluem a edição de um foto-livro e a realização de um documentário.

No Morro do Pinto - Rio de Janeiro (fotografia ©miguelpinheiro)

No Morro do Pinto – Rio de Janeiro (fotografia ©miguelpinheiro)

#alterRio 

by Miguel Pinheiro

powered by Cia [despe-te] 

Serviço 1

Inauguração da Instalação de Fotografia e Vídeo “alter Rio”

Local: Casa Porto

Endereço: Largo de São Francisco da Praínha, 4 / Saúde, Rio de Janeiro

Inauguração: dia 13 de Agosto (Sábado), das 18h às 21h

Período de Exibição: de 13 de Agosto a 30 de Setembro de 2016

Evento gratuito  

Serviço 2

Inauguração da Exposição “alter Rio” por Miguel Pinheiro

Local: Beco do Rato

Endereço: Rua Morais e Vale, Lapa, Rio de Janeiro

Inauguração: dia 13 de Agosto (Sábado)

Período de Exibição: de 13 a 21 de Agosto de 2016

Evento gratuito

Assessoria de Imprensa:

email. contato@10pt.org